11/10/20

Factura que um mestre-de-obras apresentou em 1853


Cópia de uma factura que um mestre-de-obras apresentou, no ano 1853, relativa a uma reparação que fez na Capela do Bom Jesus de Braga. O original está nos arquivos da Torre do Tombo. Publicada no  jornal O Século a 7/5/67

Por corrigir os dez mandamentos, embelezar o Sumo Sacerdote e mudar-lhe as fitas……….res. 170
Um galo novo para S. Pedro e pintar-lhe a crista……….res. 80
Dourar e por penas novas na asa esquerda do anjo da guarda…….res.120
Lavar o criado do Sumo Sacerdote e por-lhe suíças……….res.160
Tirar as nódoas ao filho de Tobias……….res. 95
Uns brincos novos para a filha de Abraão……….res.245
Avivar as chamas do inferno, por um rabo novo ao diabo, fazer vários concertos aos condenados, limpar as unhas e por uns cornos ao diabo mais velho……….res.370
Fazer um menino ao colo de Nossa Senhora……….res.210
Renovar o céu, arranjar as estrelas e lavar a lua……….res.130
Retocar o purgatório e por-lhe almas novas……….res.330
Compor o fato e a cabeleira de Herodes……….res. 30
Meter uma pedra na funda de David, engrossar a cabeleira de Tobias e alargar as pernas de Saúl……….res. 93
Adornar a arca de Noé, compor a burrica do Filho Pródigo e limpar a orelha esquerda de S. Trino……….res. 23
Pregar uma estrela que caiu ao pé do coro……….res. 23
Umas botas novas para S. Miguel e limpar-lhe a espada……….res. 255

Soma tudo………………………………………………………. 2.474 res.





10/10/20

O ano de 2020 está-se a tornar o Ano do Polvo!


E eis que 2020 se está a tornar o ano do polvo e não mais do Rato. Depois da estreia do filme My octopus teacher toda a gente tuita e posta acerca de um extraordinário polvo. Muitos estão a descobrir o cefalópode nos ecrãs e não apenas no prato. Uns riram com ele e outros sentiram até o mar salgado subir-lhe aos olhos. Agora juram não voltar a comer polvo. Hoje as televisões assemelham-se a mesas e é também à sua volta que se juntam os convivas não para degustar um polvo à lagareiro mas, no caso do Professor, para devorar as pulposas imagens da vida marinha que uma equipa colheu pacientemente ao longo de um ano e depois editou. Vem de longe a minha admiração por quem trabalha para nos dar a conhecer a Natureza: foi com Félix de la Fuente, um pioneiro nesse campo, nos anos 70, numa pequena TV a preto e branco, que comecei a aprender que "não estamos sós". Hoje quando se aliam os meios técnicos, muito superiores aos de então, ao poder de uma história bem contada, os resultados são fascinantes. O ensinamento do Professor Polvo, é o de que nós, os senhores do mundo construído, não somos meros visitantes do mundo natural, nós pertencemos também a esse mundo, a essas florestas de algas (kelp) que existem nas águas frias e pouco profundas dos oceanos, populadas por centenas de seres únicos. Será, no entanto, utópico imaginar que todo o ser humano necessite de um encontro imediato com um animal "especial" para lhe reconhecer talentos, capacidades ou até inteligência. No entanto, pela quantidade de vezes que já me falaram do polvo da Netflix, creio que as televisões (agora tão mais espertas que nos anos 70!) podem dar uma mãozinha (um tentáculo?) ao processo. Aqui vos deixo um delicioso amuse-bouche protagonizado por um polvo menos famoso mas igualmente aventureiro! Degustem sem moderação.

01/10/20

Beba água da fonte onde os cavalos bebem...

 ⁠


Beba água da fonte onde os cavalos bebem - um cavalo nunca vai beber água ruim. Estenda sua cama onde o gato dorme. Coma a fruta que tenha sido tocada por uma larva. Naturalmente colha o cogumelo em que os insetos pousem. Plante a árvore onde uma marmota cavoque. Construa sua casa onde a cobra fique para se aquecer. Cave seu poço onde os pássaros se protejam do calor. Durma e desperte nas mesmas horas que os pássaros o fazem - você colherá todos os dias grãos dourados. Coma mais verde - você terá pernas fortes e um coração resistente, como os seres da floresta. Nade com frequência e você se sentirá na terra como o peixe na água. Olhe para o céu quantas vezes for possível e seus pensamentos se tornarão leves e claros. Fique calado o bastante, fale pouco - e o silêncio entrará no seu coração e seu espírito será calmo e cheio de paz.


São Serafim de Saróvia

25/09/20

Studio Ghibli disponibiliza centenas de imagens dos seus filmes!




A partir deste mês, o Studio Ghibli começou a disponibilizar "stills" das obras do Studio Ghibli, em sequência. Começaram por disponibilizar 8 obras, num total previsto de 400 peças. 💖
Com esta nota: "Sinta-se à vontade para usá-lo dentro dos limites do bom senso".