Mensagens

Tutorial DALL-E 2 para criar imagens com AI - Principiantes

Imagem
  Lê-se Dali, como em Salvador Dalí, o pintor surrealista espanhol.Tão simples quanto mágico. O nome Dall -E juntou o artista e o robot Wall-E no mesmo nome. Os geradores que usam a inteligência artificial estão a tornar a internet um parque de diversões nunca visto para artistas e não artistas. Já não vejo este entusiasmo há muito tempo, há muito tempo mesmo.  O Dall-E 2é uma app que corre nos nossos browsers e o processamento é feito nos servidores de computadores com grande capacidade de processamento. Inscrevi-me há meses e no primeiro mês de uso recebi 50 créditos, que, francamente desperdicei num instante! Agora tenho15 créditos por mês para gerar imagens. Se não os gastar eles não transitam para o mês seguinte. Se os gastar posso comprar mais créditos: estes expiram no prazo de um ano. Este limite inclui prompts escritos, solicitações de variação e edições – qualquer acção que faça o DALL-E 2gerar um conjunto de novas imagens. Há uma janela de 24 horas também e um limite para ge

Sobre o caso da idosa coberta de formigas no Lar da SCM de Boliqueime

Imagem
  Tinha acabado de ver uma publicidade  a uma residência sénior onde cobram 1650 euros/mês quando a notícia surgiu no feed do meu telemóvel. As imagens do vídeo gravado em Junho no Lar da SCM de Boliqueime são tristemente repugnantes. Por estas imagens e outras histórias que mais vezes do que seria desejável chegam à internet, tenho a pior impressão destes lugares e preferia morrer a acabar num. A notícia informava-me de que a pessoa entregue aos cuidados da instituição, uma mulher de 86 anos, amputada de uma perna, com uma escara, estava a ser alimentada por sonda gástrica, presa à maca pelo pulso. As formigas, bastantes, alimentavam-se talvez dos exudatos ou tecidos em decomposição. Havia muitas na zona do pescoço. Ela pode apenas ter falecido, dias após a filmagem do vídeo, porque tinha chegado a sua hora. Mas pode também ter contraído uma infecção pois o risco para a saúde colocado pelas formigas é real e as formigas infestaram a sua cama e passearam-se pelo seu corpo.  As industri

Base Aberta, BA5, Monte Real, 2022: eu fui!

Imagem
O programa É provável que os homens tenham invejado a capacidade de voo das aves desde sempre, mesmo antes de sequer imaginarem que seria possível conquistar os céus. A invenção do avião é atribuida ora a Santos Dumont ou aos irmãos Wright. Uma coisa é certa: foi no início do século XX. Uns 60 anos depois o homem pousaria na Lua. Agora sonha com a ida a Marte. O sonho de voar é transversal a gerações, inspira novos e velhos. Que criança não dobrou um avião de papel e o lançou pelos ares? Quem nunca ergueu os olhos à passagem de um avião e admirou a sua silhueta recortada no azul, tentando adivinhar o seu destino? Voar é sinónimo de liberdade, um bem inscrito na essência de todos os seres humanos, uma força vital, mesmo que alguns só o descubram quando a perdem!  Todos os dias milhares de aviões de diferentes formatos transportam pessoas e mercadorias à volta do mundo e fazem a paz ou a guerra. Espreite o site FlightRadar24 , um serviço que permite, em tempo real obter informações deta

"Na internet, a autoria se dissolve e se transforma."

Imagem
Numa reportagem da Globo, realizada em 2011, sobre esta confusão de autorias em torno do nome e textos de Ricardo Gondim, que vou continuar a relatar, diz-se uma verdade, que, parece estar aí para a eternidade: " Não adianta escrever o texto e depois assinar. O que cai na rede vira quase de domínio público. Na internet, a autoria se dissolve e se transforma. As palavras de um viram as palavras de todos."  Senão, vejamos o que tem acontecido, e continua a suceder. Como descobri esta confusão? Um amigo inglês partilhou, anteontem, no Facebook a tradução do poema aqui declamado sem sequer mencionar o seu título, e por alguma razão eu não fiquei convencida que fosse do modernista brasileiro Mário de Andrade, que assinava o escrito. Reparem que esta versão já é diferente da "versão curta" que publiquei na postagem anterior.  Ivan Lima declama O valioso tempo dos maduros .  A autoria é atribuída a Mário de Andrade.  António Abujamra, neste vídeo, também declama o mesmo te

Tempo que foge, de Ricardo Gondim

Imagem
  Tempo que foge é um texto retirado do site do autor Ricardo Godim. Corre na internet, envolvendo este texto e outros, e vários autores, uma das maiores confusões sobre autoria que já vi. O certo é que este texto é de Ricardo Gondim. Mas... e os outros? Que me desculpe quem jura que são de A ou B, mas eu ainda não consegui entender entre tantas afirmações, partilhas, e argumentações quem foi o autor desses textos curtos. São também são de Gondim?! Se não são, foram escritos por quem? 10.5.2008 Tempo que foge! Ricardo Gondim Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquele menino que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço. Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados. Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugare