2/3/13

Vamos perder peso com as regras do Bob Harper?

Encontrei as 20 regras do Bob Harper no Facebook - Bob Harper's 20 Skinny Rules! Nunca tinha visto este tal Bob Harper mais gordo, mas li as regras dele e elas fazem algum sentido, em teoria. Resultarão na prática? Eis o que penso: manter o peso ideal implica estar emocionalmente estabilizado, ter uma rotina de vida (pessoal, profissional, etc) satisfatória e controlada, e depois, sim, comer com conta e medida, e, por útimo, não passar a vida sentado a escrever no blogue ou a cuscar no Facebook! Voilá. Fácil, não é? (Just kidding!)
Fiz alguma pesquisa para saber quem é o cavalheiro. Encontrei aqui e  aqui a resposta. É um guru do fitness que ajudou celebridades a emagrecer mas que ganhou maior projecção ao fazer parte da equipa técnica do concurso The Biggest Looser, nos EUA. O Bob também é um protector de animais e por isso eu até já gosto um pouco mais dele, digamos que essa gente dos concursos para gordos aspirantes a magros não me inspira grandes paixões, não é? O Bob foi vegetariano e deixou, agora é novamente um comedor de carne por alguma razão que ele deve já ter explicado em algum livro ou DVD.  
Uma vez vi uns minutos do concurso equivalente ao The Biggest Looser que passava na nossa televisão - ainda passa? - e fiquei chocada. Os concorrentes que ali vão têm excesso de peso e não é pouco. São, a meu ver, casos clínicos, deviam estar era no consultório médico, não na TV. Mas, infelizmente, sucumbiram ao feitiço televisivo e lá estão em busca dos seus 15 minutinhos de fama, exibindo tristemente as suas curvas disformes para a  nação e suando as estopinhas pela cadeia de TV que promove o concurso! A TV é que é a grande vencedora desta empresa ao vender espaço para publicidade a peso de ouro, ela ganha dinheiro enquanto os pobres concorrentes perdem calorias e cheiram mal. Que chocante vê-los alinhados a pesarem-se. Apenas vi cinco minutos do concurso e fiquei indisposta. Nestes dias em que ninguém quer ser gordo a verdade é que nunca houve tanto gordo por aí! Não acho que ninguém deve ter vergonha de ser gordo. Mas aquela exibição na TV é degradante e vergonhosa, não me venham dizer que é pedagógico.

A vida normal de todos os dias não favorece a boa forma de ninguém e em especial de quem já tiver uma especial predisposição para a engorda! Muitas são as causas para a obesidade: distúrbios e doenças que não conseguimos controlar, efeitos secundários de medicamentos, o estilo de vida estúpido que adoptamos mais ou menos conscientemente, uma alimentação desequilibrada, quantas vezes desde a infância ou adolescência. Uma coisa que esses concursos de TV parecem provar é que não basta uma corridinha matinal para fazer milagres. Quantos é que podem fazer 4 horas de exercício diário com um personal trainer e fazer dietas estudadas a preceito? Além disso, no meio de tanta informação sobre o que é saudável e o que não é, as dietas e os exercícios físicos, mais as mil e uma fórmulas milagrosas para abater as banhas instantaneamente antes do verão, há sempre quem mande tudo à fava, dicas, medicações, e tudo o mais, e continue a engordar.O segredo para conseguir criar e manter bons hábitos alimentares permanece um mistério complexo e indecifrável para muitos, algo a que se aspira mas que permanece inatingível. Assim o emagrecimento apresenta-se  cada ano como um rentável negócio e, infelizmente, também como fórmula de entretenimento na TV.

Do excesso de peso nascem muitos problemas, nem todos nos afectam de igual forma. Eu, por exemplo, sinto-me aborrecida por não poder vestir peças de roupa relativamente novas que estão no meu guarda-roupa. Sei que isto não é nada comparado com problemas de auto-estima, relacionamento social ou de saúde com que muitas pessoas com excesso de peso se debatem. Mas para mim já é bem aborrecido, sobretudo porque não tenho dinheiro para ir substituir o guarda-roupa! Além disso, mesmo que a minha figura não seja a mais esbelta e ainda possa conviver com isso sem grande remorso, sei que estou a contribuir para a ruína da minha saúde, embora ainda não sinta os efeitos de forma directa. Mas eles não tardarão aí. 

Estou no dia 3 de Fevereiro, dois dias depois do meu aniversário, sabem o que isso significou - bolinhos, bebidas, excessos! É uma boa altura para estabelecer um objectivo. Estou determinada a chegar a Junho com menos peso e mais em forma. Este ano é que é. O último bikini que comprei é lindo demais para lhe meter dentro um corpinho desleixado. Será que tenho tempo? Já não me peso há uns meses, criei uma certa alergia à balança. Na verdade eu até nem uso a balança para controlar o peso - basta-me vestir as jeans e já sei se estou bem ou mal. Neste momento estou quase no limite, ou seja, prestes a ter de ir à loja comprar um novo par de jeans!! O que fazer de acordo com o bom do Bob Harper para reverter este estado de coisas? Ora vejamos o quanto eu tenho de sofrer! Eis as 20 regras do  Bob Harper.

1. Drink a large glass of water BEFORE Every meal-No Excuses!
1. Beber um grande copo de água antes de qualquer refeição. Isto parece fácil, mas para mim é algo terrível. Eu nunca tenho sede. E à refeição raras vezes quero ver água por perto a não ser que não esteja disfarçada como sopa ou como chá!
2. Don't Drink Your Calories.
2. Não beber calorias. Ok, vamos lá pensar nisto. Tenho de abolir tudo quanto for bebida com calorias? Isso deixa-me a copos com a minha amiga água, chá e café desde que não lhes meta açucar ou mel. O café e a maioria das tisanas eu bebo sem adoçar, já no chá preto eu gosto de uns grãos de açucar. Adoro um bom vinho de vez em quando, mas não creio que isso seja grave. Acho que esta regra nº 2 é exequível sem sofrimentos.
3. Eat Protien at EVERY Meal -or stay hungry and grouchy!
3. Comer proteínas a todas as refeições ou ficar com fome e rabugenta! Esta regra  também não é complicada de seguir. Desde Setembro tenho feito refeições vegetais ricas em proteínas, não é só na carne e no peixe que elas estão. Como pouca carne e gosto mais de peixe.
4. Slash Your Intake of Refined Flours and Grains.
4. Reduzir o consumo de farinhas refinadas e grãos. 
Fácil.
5. Eat 30-50 grams of FIBER per day!
5. Comer 30-50 gramas de fibra por dia. Mas como é que eu vou pesar as fibras? É normal que já esteja a observar esta regra pois como pão integral diariamente.
6. Eat Apples and Berries Every single day- Yes, EVERY-SINGLE-DAY!
6. Comer maçãs e bagas todos os dias. Comer maças todos os dias também é uma regra fácil de cumprir pois já o faço não apenas porque gosto muito de maçãs mas porque ainda é das frutas mais baratinhas que estão à venda. O preço da fruta está um escândalo. O que nos leva para as bagas. Bagas ou frutos silvestres nem sempre estão à venda e são caras, Bob. Quanto é que achas que ganho por mês no meio desta crise?! Será que devo investir numa horta de varanda?
7. NO Carbs after Lunch ( eat 'lean and green' at night)
7. Nada de hidratos de carbono depois do almoço - para a noite comer pouco e verde. Sem  comentários. É o que já costumo fazer, aligeirar o jantar.
8.Learn to Read Food Labels so You know what you are eating!
8. Aprender a ler as etiquetas que vêm nos produtos para saber o que estamos a comer. Despertei para isso em Setembro e agora sempre que vou às compras tenho de contar com o dobro do tempo! Acreditem que é importante apesar de parecer uma esquisitice do Bob.
9. Stop Guessing about Portion Size and Get it Right-for good!
9. Parar de adivinhar o tamanho das porções de uma vez por todas! Pois, essa é a parte em que dava jeito ter alguém ao meu lado a fazer as contas à quantidades de alimentos, porções e já agora às calorias que contêm. Uma grande chatice se querem saber.
10. No more added sweetners-including artificial ones!
10. Eliminar os aditivos açucarados. Nada a comentar.Já ando em cima deles há muito tempo!
11. Get rid of White potatoes!
11. Livrar-me das batatas.
Esta regra é um bocado complicada, ó Bob. Mas o que tens tu contra as batatas?! Tenho de ir investigar. Eu acredito que a batata não engorda. Agora tu queres dizer que quem a come, engorda? E com que acompanhamento é que eu vou comer o bacalhau, Bob?
12. Make one day a week Meatless.
12. Fazer um dia por semana sem carne.
Fácil. Já faço vários dias sem carne.
13. Get rid of Fast foods and fried foods.
13. Cortar com a fast food e as comidas fritas.
Quase nunca vou em fast food e também não sou grande apreciadora de fritos. Estamos conversados quanto a esta Bob.
14. Eat a REAL breakfast.
14. Comer um pequeno-almoço a sério.
O que será um pequeno almoço a sério para o Bob?!!
15. Make Your own food and eat at least ten meals a week at home.
15. Fazer a minha própria comida - Que remédio, eu detesto cozinhar, mas lá tem de ser enquanto não puder contratar uma cozinheira -  e comer pelo menos 10 refeições em casa por semana. Eu como sempre em casa, Bob, a não ser que não possa, e nesse caso ainda tento levar a minha comida comigo. Gosto de ir ao restaurante em momentos especiais e não por rotina, esses tempos já lá vão. Quando vou ao restaurante gosto de pedir coisas que eu não saiba fazer ou que sejam mesmo, mesmo difíceis ou aborrecidas de cozinhar. Assim torna-se mais difícil fazer contas ao preço do que estou a pagar e aprecio melhor o momento...percebes?
16. Banish High Salt Foods.
16. Banir comidas muito salgadas.
Ok, Bob, nunca consegui comer coisas muito salgadas. A minha intolerância ao sal começa muito antes dos outros começarem sequer a dizer que a comida lhes sabe a alguma coisa!
17. Eat Your Vegetables-(no excuses)- Just DO it!
17. Comer vegetais. Sem comentários, Bob. Eu podia ser um coelho.
18.Go to bed hungry!
18. Ir para a cama com fome. Bob, a minha avó sempre dizia que quem se deita sem ceia, toda a noite rabeia. Mas eu percebo. Aqueles snacks noturnos são do pior. Se ferrarmos o dente neles uma noite, nas seguintes vamos querer mais.
19. Sleep Right.
19. Dormir bem. Concordo, já li muito sobre isto, nem sequer preciso de dormir sobre o assunto para concordar. Dormir é essencial para regular o peso. Ultimamente não tenho tido insónias, a coisa está controlada, Bob. 
20. Plan one splurge MEAL per week.
20. Planear uma refeição alarde - escreveu ele -  por semana. Será que não quereria dizer alarve?
Em Junho volto a escrever sobre isto. Prometo.

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...