12/18/12

Fazer germinar um caroço de abacate!

Observem neste video a síntese filmada da germinação bem sucedida do caroço de abacate e ainda o resultado final por que anseio - a transferência da planta para um vaso! Neste momento estou cheia de inveja deste fulano. Vejam só: cresceram raízes e caules e folhas do caroço de abacate dele. O meu caroço de abacate nem treme quanto mais partir-se ao meio ou brotar qualquer coisa!! Eu bem que o examino a ver se ele abre. Mas o gajo não está nada colaborante. Guardei o caroço de abacate da última vez que fiz guacamole. Tenho lido sobre o tempo que demora a germinar: 6 a 8 semanas. Mas enquanto espero acho que já passou um ano ou mais e nada acontece. Na minha ideia esta estação do ano não é a ideal. Estamos quase em pleno inverno. Mas que semente maluca é que se atreveria a germinar agora? A sabedoria da semente deve dizer-lhe que não tem hipóteses. É algo anti-natural, que não está destinado para ser um êxito, germinar em pleno inverno. Não há sol, não há calor, não há assim tanta luz, sim, Portugal não é o país dos 365 dias de sol por ano. Quem inventou isso era um grande aldrabão. Por isso a semente nem se mexe e ainda deve pensar que não sei nada de botânica. Tem razão, não sei.

Ora aqui está a minha experiência de germinação de um caroço de abacate. (Porcaria de fotografias, desculpem o aparte.) Achei quer seria interessante fazer germinar o caroço de abacate e depois transferir o projecto de árvore para o parque em frente à minha casa. O meu sobrinho também ficou bastante intrigado, primeiro com o tamanho do caroço e depois com a ideia de dali nascer e crescer uma planta. Não sei bem se teremos planta quanto mais se da planta irá crescer uma árvore!! O parque é um lugar arriscado mas não temos jardim, nem quintal. Estou mesmo a ver a equipa que corta a relva muito preocupada se encontrar uma árvore jovem no meio do caminho! À escala de um pequeno arbusto, a máquina que eles usam para cortar a relva até parece um tanque de guerra! Mas eu estava preparada até para construir uma salvaguarda em rede para o pequeno arbusto!
Devem estar a pensar que estou com nostalgia do tempo em que fazia germinar feijões em bolinhas de algodão. Há uns tempos, desde Setembro, que ando interessada na germinação de sementes em casa. Tudo por causa dos rebentos de soja que entretanto descobri que já pouco se vendem. Mas quem é que quer rebentos que venham de sementes geneticamente modificadas? A questão da soja é realmente bicuda. Os rebentos de soja foram substituídos pelos rebentos de feijão mungo, mais seguros e muito semelhantes. Os brotos são um elemento muito saudável da alimentação humanos e eu gostava de começar a germinar sementes em casa e de introduzi-las de forma regular na alimentação. 
Pois bem, entre Setembro, mês das minhas leituras e pesquisas sobre alimentação saudável, e agora, ou melhor, a última vez que fiz guacamole, lembrei-me que o caroço do abacate talvez brotasse qualquer coisa. Pesquisei na internet e meti mãos à obra. E ali está o caroço de abacate mergulhado em água até metade, suspenso por palitos. Usei um copo e uma taça para impedir a água de molhar as superfícies por onde o copo tem circulado. Já andou aos tombos, a água já se entornou duas vezes. Mas no meu relatório científico, ou diário de bordo ou de copo, não há muito mais a acrescentar. O diabo do caroço nem parece ter sede, não vejo a água descer assim tanto. Apenas a vou mudando porque pode ganhar cheiro e atrair mosquitos e mosquitas, lesmas e outras criaturas. Isto é um exercício de paciência mas eu começo a pensar que do caroço não virá nada!!Nada!!

Se se quiserem lançar numa aventura destas, podem encontrar mais informação sobre a germinação do caroço de abacate no Meu cantinho verde ou no Ghorganics ou no Como fazer tudo. Indicações não faltam!

(Nota!! Postagem em actualização...resta saber é quando!)

No comments: