7/14/10

Adeus, Harvey Pekar

Faleceu no início da semana, com 70 anos, em Cleveland, o norte-americano Harvey Pekar, conhecido pela série de banda desenhada autobiográfica American splendor. Se não sabem quem foi talvez se lembrem de Paul Giamatti, que brilhou em American Splendor, o filme, no papel autobigráfico do autor de BD mais desencantado da América. O esplendor da vida de todos os dias de Pekar tornou-se um fenómeno de culto underground e depois de toda a gente. Arquivista num hospital de veteranos, vivia no meio da desarrumação, de livros e de discos jazz. Criatura ansiosa e deprimida, viveu sempre uma vida normal, trabalhou e escreveu ao mesmo tempo, pois o seu sucesso não foi financeiramente compensador. Ilustradores de renome traduziram em traços as palavras de Pekar: Robert Crumb, Spain Rodriguez, Frank Stack e Joe Sacco. Pekar também participou no talk-show de David Letterman, chegando a ser banido por ter criticado um financiador da estação televisiva. Em Novembro de 2009 Pekar lançou uma série de quadradinos online. The Pekar Project era actualizado cada duas semanas. Videos do filme e de Pekar com Letterman, abaixo.





No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...