3/9/16

Intercâmbio de livros infantis - quer participar?


A iniciativa

Quer participar no intercâmbio de livros infantis? É apenas preciso enviar UM livro infantil a uma criança. O livro pode ser novo ou usado, desde que em bom estado. Desta forma, além de incentivar a leitura, promove-se a reutilização dos mesmos. Deve também recrutar 6 pessoas interessadas em fazer o mesmo. Em resultado, se todos cumprirem, a sua criança (filho/a, primo/a, sobrinho/a, afilhada/o, etc) vai receber 36 livros pelo correio. 

A maioria das crianças gosta de livros. Eu, quando era criança, também gostava de receber coisas pelo correio embrulhadas naquele papel kraft, duro, e atadas com cordel. Desembrulhado esse papel quase sempre aparecia outro, um papel colorido. Eram as amigas da minha mãe que enviavam presentes e também a minha madrinha de baptismo. Muitos desses presentes foram livros. Depois de ter aprendido a escrever, a minha mãe incentivou-me logo a escrever cartas e postais. Receber correio era uma festa. Hoje as crianças já não recebem tanto correio porque já nasceram na era da internet e a comunicação é quase sempre instantânea. Esta iniciativa é engraçada por isso mesmo, porque faz uso do correio postal, e também porque estimula o gosto pela leitura e a reutilização de livros.

Apesar de ser uma coisa antiga, a brincadeira que circula nos blogues e Facebook há já uns meses, tanto na versão livros para crianças, como na de livros para adultos,  gerou alguma desconfiança com pessoas a dizerem que era uma forma dos interessados obterem dados sobre crianças (nome, endereço). São realmente várias as indicações dadas aos pais no sentido de protegerem as suas crianças na internet, por exemplo, não colocando fotografias nas redes sociais. Se a divulgação daqueles dados lhe causa alguma renitência em participar a minha sugestão é a de que dê o seu nome e o endereço do seu trabalho ou de amigos ou de uma loja onde seja conhecido e onde possa, depois, recolher os livros. Ao usar a caixa de mensagens do Facebook ou o email para contactar os potenciais interessados mantém o assunto reservado, também pode optar por escolher apenas os seus conhecidos e amigos. Que não seja por isto que deixa de participar.

Ao entrarem no intercâmbio devem ter consciência de que o funcionamento depende da adesão e cumprimento do mesmo. Pode, acontecer que não sejam recebidos 36 livros. A expecativa de receber uma pequena biblioteca é legítima pois é o que foi divulgado. Mas pode não acontecer. Se a criança receber um livro, é bom, dois é melhor, o que vier é bom. É, sobretudo, bom doar um livro a alguém, é um acto generoso de promoção desse belo objecto que é o livro infantil e desse bem precioso que é a leitura. E isso é um dado certo.

Talvez seja prudente que os adultos não digam às crianças que vão receber um número certo e determinado de livros. Isso pode redundar em frustração se por acaso não se concretizar. Dependendo do carácter para umas será fácil aceitar, para outras nem por isso. Lidar com este assunto pode exigir alguma paciência aos adultos. Se quiserem evitar trabalhos acrescidos, é mais seguro dizer que vão participar numa troca de livros, que vão enviar um livro a uma criança e que poderão vir livros de volta, quantos, não se sabe. Esta gestão fica ao critério de cada um. 

Se estiver interessado contacte-me que eu dou as instruções necessárias: belinhafernandes(at)gmail.com

Texto que poderá usar: 

Quer participar no intercâmbio de livros infantis? É apenas preciso enviar UM livro infantil a uma criança. O livro pode ser novo ou usado, desde que em bom estado. Desta forma, além de incentivar a leitura, promove-se a reutilização dos mesmos. Deve também recrutar 6 pessoas interessadas em fazer o mesmo. Em resultado a sua criança (filho/a, primo/a, sobrinho/a, afilhada/o, etc) vai receber 36 livros pelo correio. Se estiver interessado, envie-me mensagem privada que explico como funciona.


Livro enviado! Agradeço às pessoas que alinharam comigo na iniciativa!
Agora resta esperar.



No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...