2/7/16

Receita de bolo de maçã Lavoisier



E depois de termos dado uma voltinha pela alimentação saudável - ver a postagem sobre o filme That Sugar film ou sobre o livro Cozinha vegetariana para quem quer ser saudável - eis o eterno retorno às coisinhas doces. Hoje é dia de bolo de maçã, como é que alguém pode resistir a um lindão assim? Eu sempre gostei de bolos de maçã e esta receita tem um nome especial - é o bolo de maçã Lavoisier. Lavoisier enunciou a lei da conservação da massa.  Hoje em dia não falta quem se preocupe com a massa e a queira conservar. O leque de pesquisas em torno da massa é variado: onde consegui-la? Como consegui-la empregando o menor esforço, meios e tempo? De que forma poupar a massa ou fazê-la render depois de adquirida? O diabo da massa parece governada por leis próprias e de difícil aceitação para a maioria. Por mais que tentemos esticá-la, ela nunca chega ao final do mês; além disso parece não se manter constante, parecendo como que evaporar-se! Até Lavoisier concordaria que esta massa está cada vez mais volátil!

Voltando à massa, Lavoisier não foi nenhum pasteleiro ou chef famoso. Eu sei que nem toda a gente sabe quem ele foi. Casou com uma menina de 13 anos! Ficou conhecido como o pai da Química! Morreu guilhotinado aos 50 anos! Não é grave não saberem estas coisas. Eu dispensaria saber muitas coisas inúteis mas elas entram-me pelos olhos dentro. Já as coisas úteis tenho que procurá-las pois elas não andam por aí aos trambolhões em memes ou nas notícias cor-de-rosa. Muita gente não procura por Lavoisier no Google porque ele está morto, não precisa dele. Logo não sabe. Está melhor essa gente do que todos aqueles, como eu, que não precisando das celebridades gramam com elas em toda a parte. Bom, parando com a inútil divagação, quando eu escrevi "massa" não me queria referir a massa de bolo ou de bolachas ou sequer "pasta". Estava a referir-me ao conceito científico de massa de que muitos cérebros irrequietos se ocuparam, caso de Lavoisier - ou Newton -  que, como não tinham redes sociais para perder tempo, nem TV, se dedicaram afincadamente ao estudo da mecânica. De acordo com a Wikipédia, "Os estudos experimentais realizados por Lavoisier que levaram-no a concluir que, numa reação química que se processe num sistema fechado, (onde não há troca de matéria com o meio ambiente) a massa permanece constante, ou seja, a soma das massas dos reagentes é igual à soma das massas dos produtos. " 

Que fique claro que eu só dei este nome ao bolo por brincadeira e porque me ajuda a distinguir esta receita de bolo de maçã de outras receitas, e porque me dá assunto para escrever esta postagem. Lá porque se retirem as cascas às maçãs e se piquem e metam na massa, não se perdendo, não quer isso dizer que seja exemplificação, nem que romântica, da lei que diz que a matéria está sujeita a constantes transformações, mas jamais à destruição ou criação. "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma", dizíamos, na escola, de forma mais simples. Eu sei, é parvo. Mas assim sei sempre a que bolo me refiro pois receitas de bolo de maçã há quase tantas como leis de mecânica!

Ironicamente Lavoisier morreu precocemente por causa da massa. E agora quando escrevo massa refiro-me mesmo àquela  massa que faz girar o mundo, como canta a Liza Minneli no filme Cabaret. Associou-se a uma sociedade privada que cobrava impostos em nome da corte. Graças a essa decisão e rendimentos das acções ele conseguiu financiar a sua investigação. Mas eis que estalou a Revolução Francesa e os membros da Fazenda Geral acusados de usar ilicitamente os dinheiros do povo foram julgados e condenados. Lavoisier, então com apenas 51 anos, foi forçado a despedir-se da vida. Façam o bolo, leiam a biografia e conservem a massa!

E até que enfim, dirão, a receita do bolo Lavoisier. Fácil, fácil.

Receita de Bolo de Maça Lavoisier

Ingredientes
3 ovos
3-4 maçãs de tamanho médio, usei Royal Gala
3 chávenas de farinha de trigo sem fermento
1 chávena e meia de açucar
1 chávena de óleo
1 colher de sopa de fermento em pó
Meia colher de chá de canela
1 colher sopa rasa de farinha de trigo

Preparação
Descascar as maçãs e cortar em pequenos pedaços, colocá-los numa taça grande.
Polvilhar com a colher de farinha de trigo - diz que faz com que a maça não afunde. Agitar a taça para envolver s pedaços de maçã.
Picar as cascas. Parti as cascas aos bocados antes de picar na Moulinex.

Misturar numa outra taça: ovos, óleo, cascas picadas, canela, açucar.
Juntar o fermento e misturar bem.

Juntar a farinha à mistura. Incorporar lentamente, mexendo bem.
Por fim juntar aqui as maçãs cortadas e envolver.

Untar uma forma de buraco com manteiga ou margarina e enfarinhar.
Deitar a massa e levar ao forno a 180º por 35 - 40 minutos.


Apontamentos

Vida e obra de Lavoisier, aqui.


No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...