1/15/15

Deus é suficientemente grande para ele mesmo defender o profeta



"Dieu est suffisamment grand pour défendre lui-même son prophète".


Imã Abdelali Mamoun, nascido em França, de pais algerianos, afirma numa entrevista que existem fontes no Islão que defendem a liberdade de expressão e quer os estudiosos da teologia muçulmana, quer os jurisconsultos do direito muçulmano sabem perfeitamente que o espírito de vingança não faz parte dos seus ensinamentos. "Aquilo que a Republica garante, é aquilo que o profeta quis garantir. Ele libertou os muçulmanos do totalitarismo das idolatrias.O Corão é claro. Nunca esteve em causa impôr a fé às pessoas."

Quando hoje abri o FB apareceu-me um video de 2013 onde um imã de Ceuta dizia que as mulheres (muçulmanas) que usam perfume, ou saltos altos ou roupas justas, ou que depilam as pernas, são fornicadoras. Não vejo bem qual a utilidade da difusão desse video, mas vejo útil a difusão deste outro video, Mahomet en Une de Charlie Hebdo : la réaction de l'imam d'Alfortville. Fiz a tradução possível, se quiserem ajudar e precisar, pois o meu francês não é grande coisa, usem os comentários.O Imã Abdelali Mamoun, com página no Facebook, aqui, basicamente, depois de dizer que os muçulmanos não podem senão estar em desacordo com as caricaturas, envia a sua mensagem para os muçulmanos, que é a de que o profeta nunca aceitou ser defendido por ninguém, nem pediu ser vingado.Ele diz que esta liberdade (de expressão) é o preço a pagar para os muçulmanos puderem defender o espírito do profeta, o objectivo da liberdade é que todo o mundo tem o direito de crer ou não, de criticar ou não, assim como eles, muçulmanos, têm o direito de aprovar ou desaprovar, e é essa a beleza da Democracia, é essa a grandeza da Republica (França) da qual eles, muçulmanos hoje fazem parte. Depois o pivot pergunta-lhe se esse seu discurso é ouvido pela maioria dos seus fiéis. Ele diz, que não sabe bem o que dizer, e depois algo que não percebo bem, que são as "afiadeiras dos lápis" (talvez para os cartoonistas do Charlie?) para que cada um possa escrever e dizer o que entendem, esta é a mensagem do profeta, mesmo se isso é contra a sua pessoa, ele quis a misericórdia para o mundo, não precisa de ser defendido, deus é grande, como costuma dizer (Allahu akbar), suficientemente grande para defender ele mesmo o seu profeta, e eles, muçulmanos, devem dar o exemplo, porque são seus discípulos, discípulos de tolerância, de indulgência, mas também de liberdade de consciência e de crença.

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...