1/16/13

Bichos, bichinhos e bicharocos de Sidónio Muralha




Bichos, bichinhos e bicharocos + CD, de Sidónio Muralha, é um livro especial. Lançado pela primeira vez em 1949, foi reimpresso pela Althum.com com uma nova capa e saíu de novo para as livrarias em 2011. A partir de 21 de Janeiro fica disponível a edição com CD.

Para quem nunca viu nem ouviu falar deste livro, talvez as palavras de Lobo Antunes sejam melhores do que as minhas para ficarem curiosos:

«Nada sei da história deste livro, que tem mais ou menos a minha idade. Sei apenas que é um livro maravilhoso, escrito a seis mãos sobre oito bichos e uma estrelinha, que é uma espécie de bichinho no céu, porque tem, assim me ensinaram, luz própria e cintilante." 


A obra é composta por nove poemas cheios de lindos jogos de palavras. São dedicados a oito animais e uma estrela desobediente: Bichinho de Conta, Papagaio, Estrelinha, Pato Marreco, Cãosinho,  Joaninha, Macacos, Sapo Sapinho e Grilos e Grilões. Talvez quem lê estas linhas se lembre destes versinhos: "O papagaio é,/É, como muitas pessoas,/Um bicho que faz banzé/E que põe no mesmo pé/Coisas boas e coisas más"... ou então aquele sobre a Joaninha: "E quando a gente lhe diz:/- “Joaninha voa, voa,/não me digas que tens medo,/se voas serás feliz/que o teu pai está em Lisboa/foi lá comprar um brinquedo...” Fazem parte da imaginação de muitos que hoje contam mais de 50 anos e que talvez se recordem ainda do bichinho de conta que conta histórias, do papagaio que faz discursos, do pato marreco que dizia papá e mamã, do cão que era um brinquedo, da joaninha e do seu vestido de chita, dos macacos e da bulha pelo espelho, da partida  que a formiga prega ao sapo, e do grilo que tinha a mania que era importante...

Acrescenta ainda o neurocirurgião, galardoado com o Prémio Pessoa em 1996: 

"Se os poemas são de uma imaginação mágica, a verdade é que são também as ilustrações de Júlio Pomar que tornam este livro único e precioso e que justificam plenamente esta ressurreição editorial. "

Além dos muitos desenhos de traços pretos e finos, encantadores, apenas aparentemente simples, temos ainda as partituras onde estão musicados alguns dos poemas de Sidónio Muralha. As três canções escritas pela musicóloga Francine Benoit, mais de sessenta anos depois de impressas em papel, podem agora ser ouvidas. Para esta 3.ª edição em cuidado fac-símile da obra original, foram gravadas em CD por um coro com mais de 140 crianças dos Jardins-Escolas João de Deus em Lisboa (Estrela, Alvalade e Olivais). Um livro precioso para ler, olhar e cantar em família, disponível na Wook para encomenda online. Aqui fica a sugestão!

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...