9/1/12

Uma tarte vegetariana com abóbora

Estou a pensar se não devo mudar o nome deste blogue para "receitas cruzadas"!! As minhas últimas postagens são todas sobre comida! E eu que ando sempre a apregoar que não gosto de cozinhar. Bom, isso é verdade. Mas também é verdade que por volta da uma da manhã, ao correr os programas disponíveis na televisão, voltei a encontrar o chef Rudolph e as suas doces iguarias. Ele ensinou a fazer uma pizza vegetariana, uma salada de pepino e maçã ralada, uma tarte de abóbora, trufas. Começo a simpatizar com o Rudolph!! As trufas de chocolate, que eu adoro, são demasiado complexas de fazer para eu sequer me sentir tentada a experimentar. Mas agora já sei como os pasteleiros as fazem e é giro - a cozinha quase parece um laboratório com líquidos brobulhantes em ebulição e temperaturas precisas a alcançar! Ele disse que os pasteleiros experientes testam a temperatura do chocolate para a cobertura das trufas no lábio inferior. O processo de "temperar o chocolate" não é para todos. Eu, passo. Prefiro comer as trufas já prontas!! Estas, que o Rudolph ensinou a fazer eram uma bomba: natas aromatizadas com café em pó, daquele solúvel, açucar caramelizado, - ele colocou directamente no fundo do tacho, disse que é "à francesa",  mel, chocolate de leite aos pedacinhos, e, para a camada exterior, chocolate negro...! Bem, eu até já estava a desejar deitar-lhes o dente!Um grande sucesso destes programas seria que o telespectador pudesse encomendar na hora o prato confecionado! E obtê-lo instantaneamente tipo Lâmpada de Aladino, plim!! Isso é que era, isso é a televisão do futuro...! Mas no presente eu tive de me contentar em aprender a fazer a tarte salgada com abóbora, legume que eu só como na sopa ou em bolinhos, por altura do Natal. Esta tarte é ideal para vegetarianos e fácil de fazer! Aqui vai a receita da Tarte Salgada de Abóbora do Rudolfo!

Ingredientes para a massa

285 g de farinha
170 g de manteiga
130 g de creme de queijo
3 colheres de sopa de água fria
1,5 colheres de sopa de vinagre ( Para cortar o glúten que se forma)
1 colher de chá de fermento em pó
pitada de sal

Recheio
500 g de abóbora
1 cebola
2 dentes de alho
1 colher de chá de noz-moscada
1 colher de chá de canela
1 pitada de uísque
1 maço de cebolinho
4 ovos
200 ml de nata
75 gramas de nozes pecãs

Primeiro, vamos fazer a massa misturando todos os os ingredientes indicados até obter uma massa lisa. O Rudolph meteu a massa na batedeira de braço e aquilo foi um ver se te avias!! Não faço ideia de quanto tempo demorará se for amassada à mão, mas ele disse que é melhor ser numa máquina pois  o calor natural da mão vai aquecer a massa! Depois, achata-se a massa um pouco, para facilitar quando se estiver a estender com o rolo, e deixa-se em repouso no frigorífico pelo menos 1 hora. Esta massa leva queijo o que a torna macia e mais saborosa.

De seguida, vamos pré-aquecer o forno a 180 º C e começar a preparar o recheio. Descascar uma fatia de abóbora e cortar em pedaços. Descascar a cebola e cortar em pedaços não muito pequeno, e o alho também não precisa de ser cortado muito miúdo.  Coloque uma folha de papel vegetal num tabuleiro e coloque a abóbora que vai temperar com noz-moscada em pó, canela, cebola, salpicos de uísque e alho. Leve ao forno por 10 minutos. Deixe depois arrefecer.

Agora vamos compôr a tarte. Pré-aquecer o forno a 210 º C. Abrir  a massa com ajuda de uma rolo e  forrar a forma, untada com manteiga. Não esquecer de picar a massa com um garfo!! Bater os ovos com as natas, tal como fazemos para preparar uma quiche. Picar o cebolinho e adicionar, o verde do cebolinho vai ficar muito bonito. Devemos espalhar a abóbora assada e tudo o mais de forma uniforme na forma, ela vai mirrar no forno!! Depois despejamos a mistura de ovos e natas na forma, e espalhamos as nozes pecãs. Vai ao forno por 25 minutos. O Rudolph explicou que temos de assar a abóbora primeiro pois ela demoraria mais a assar do que a massa e não ia saír bem. Por isso, nada de ideias para atalhar caminho e poupar tempo!!!


Public Domain Image source.

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...