4/11/12

Amor pelos animais

Há um par de semanas passei pelo Parque das Abadias, na Figueira da Foz. Não sei quando foi a última vez que passei lá, mas às tantas passaram-se anos sem que o atravessasse. A minha primeira descoberta foi esta placa avisadora e custa a crer, de facto, que com tantos caixotes de lixo próximo as pessoas deitem o lixo para o ribeiro. Mas pelos vistos é verdade ou este aviso não estaria ali. 
É possível avistar aves de diversas espécies no Parque das Abadias. Vivem por ali ou numa mata contígua, que reparei está a ser desbastada. Melros, pegas e piscos são as minhas favoritas.
O passarito que estava no chão assustou-se comigo e colocou-se a salvo numa árvore próxima!
Já depois de ter atravessado o Parque em direção ao Liceu, apercebi-me de uma senhora com um pequeno cão que parecia ser seguida por um bando de pombas. Mas ela não estava a alimentar as pombas e foi isso que me intrigou...
À medida que ela se aproximava o facto confirmava-se!
As pombas seguiam-na e não tinham medo do cão nem o cão se assustava com elas!
Quando ela deixou o parque e atravessou a rua as pombas continuavam a segui-la! Mas antes disso já eu tinha esclarecido o mistério. Há uns tempos largos esta senhora começou a proteger e a dar comida às pombas da zona das Abadias.Ela diz que muitas são atropeladas pelos automóveis que ali passam ou mordidas pelos cães e então ela leva-as ao veterinário. Conhece algumas pelo nome que lhes deu e já são mais de 200. Tantos animais já a levaram a dar cerca de 7kg de arroz diariamente, pela manhã ou à hora do almoço. Agora diz que não distribui tanto alimento pois leu na internet que se forem muito alimentadas se reproduzem mais! Enquanto conversámos as pombas ficaram à nossa volta e não arredaram pé. São mesmo muito mansas, não estranharam em nada a minha presença!Há pessoas que gostam de ter um animal de estimação, outras há que necessitam de ter mais do que um, um bando deles!

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...