11/11/11

Desafio 21 Dias do Blosque

Desafio 21 Dias do blogue Blosque. Estive até à última para me inscrever. Ando bastante ocupada e a ideia de passar ainda mais tempo em torno do blogue não assentava bem nos meus planos. Mas acabei por fazê-lo. A Nospheratt prometeu que a realização das 21 tarefas que ela vai listar tornará o blogue mais produtivo. Eu leio o Blosque há um par de anos pelo menos e admiro a blogueira Nospheratt. Ela escreve bem, é espirituosa, tem sentido de humor, tem escrito postes de muita qualidade sobre o uso da internet e dos blogues. Acredito que desse desafio possam resultar aprendizagens e  benefícios. Por isso entrei a bordo. Mas a estreia correu mal. Inscrevi-me de manhã, no último dia. Quando me preparava para desligar a máquina, muito próximo da meia-noite e com uma dor ferrada na minha omoplata direita, dei uma espreitadela no Blosque...e lá estava a primeira tarefa. Fiz confusão com o dia da semana, algo habitual em mim. Naquele momento continuar no computador depois de horas de trabalho agarrada ao rato era impossível. Deixei para hoje. Felizmente não precisamos de fazer tudo no dia em que as tarefas são marcadas...ou eu já estaria fora do Desafio 21 Dias do Blosque!

#1 A legendária faxina

- Corrigir os links quebrados. O Xenu’s Link Sleuth (TM) é gratuito, serve para qualquer tipo de blogue. Ao ler isto fiquei logo com os cabelos em pé. Links quebrados, ora essa, uma carga de trabalhos para corrigir esses danados. Não conhecia a ferramenta. Pensava que funcionava online, quem disse? Descarrega-se para o nosso computador. Torci o nariz. O meu disco está tão cheio que nem uma pulga lá consegue fazer ninho. Mas, surpresa, ainda deu para a aplicação do Xenu. Quando comecei a ver os ok verdinhos pulei de contente na cadeira coçada. Imaginem-me a contactar o site ou a ir até cada um a ver se tinha lá aquela mensagem – "pessoal, fomos de viagem pra outras paragens", ou passar uma hora no Google em busca do site perdido. Por vezes os sites ficam fora do ar e depois regressam. Como saber se esse link volta ou não sem perder tempo com isso? Uiiii.... um link quebrado. Não quero pensar mais nisso...
Descobrir páginas de erro dentro do blogue. O Google Webmasters lista as páginas não encontradas no blogue. A Nospherat sugere a remoção através das ferramentas para webmasters e eu fui até lá mas não removi nada pois não sei bem o que iria remover!
Tenho uma página não encontrada  - /CSE  404 não encontrado - mas não sei bem o que isso significa nem o que fazer a isso. Já sabia que ela estava lá, isso mesmo, devido à minha faxina de Outubro. Na altura o que apurei foi que quando isto sucede, tratando-se de um link interno o melhor é ignorá-lo, se for externo li que é preciso fazer um redirecionamento 301. Areia demasiada para a minha camioneta...e a coisa lá está. Sei a história do 404, vocês sabem? No CERN- European Laboratory for Particle Physics, havia uma sala com esse número. Aí funcionava um banco de dados. Quando havia erros os funcionários indicavam  “Room 404 - File Not Found”, não sei bem se lidavam com ficheiros virtuais se de papel! Infelizmente isso não ajuda em nada o meu problema, é só folclore da web. Aliás, eu precisava de perceber umas quantas coisas mais aí na caixa das Ferramentas para o Webmaster, como, por exemplo, o facto de não aparecerem uma série de dados para este blogue. Para outros eles aparecem. Já quebrei a cabeça com  isso. Não cheguei a lado algum...por enquanto.
- Eliminar as tranqueiras. Em primeiro lugar, a palavra tranqueiras, nunca a tinha ouvido. É sinónimo de estorvo, empecilho, impedimento e muito mais. Nós, portugueses não usamos, ora, já enriqueci meu vocabulário hoje! A Nospheratt diz que plugins e widgets que já não usamos, que não fazem mais sentido, que não são úteis e que só estão a ocupar espaço precioso no blogue são de retirar. Isso eu já fiz em Outubro. É isso, a minha faxina acontece a seguir ao Verão. No tempo quente eu escrevo menos nos blogues pela razão de que não páro em casa...e quando páro é para trabalhar não para brincar aos webmasters. Pois, eu não sou profissional dos blogues, considero-me uma mera amadora do assunto, embora já ande nisto desde 2004. Mas estou a tempo de me tornar mais experiente!
- Limpar o spam dos comentários – spam nos comentários é sinal de desleixo, diz Nospherat. O Blogger tem uma linda pastinha só para esta categoria de comentários indesejados. Eu pensava que meu blogue não atraía muito spam...até ter olhado na pasta! Fora com o spam!Eis o antes e o depois!


Corrigir e realojar scripts – Também em Outubro eu já me havia livrado de algumas "tranqueiras" deste capítulo e movido para o rodapé os que considero necessários. A Nospherat diz que isso melhora o carregamento do Blogue. É bom saber isso se não soubesse que ele é uma lentidão a carregar, tem mesmo má performance nesse aspeto...

Detalhes no layout - Por essa altura eu já estou aqui há talvez uma hora. Por isso decidi apenas colocar um detalhe que em Outubro queria ter acrescentado e que ficou por fazer - o favicon. Será que o Chrome me deixa ver a maçã em ação lá em cima na barrinha? O Blogger tem esta possibilidade, é muito simples de colocar a partir de Layout, o ficheiro tem de ter 100kb no máximo. Dantes só metenddo códigos no html...

...e já existe outra tarefa na calha! Bora lá!

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...