8/26/10

Mulher tranca gata em caixote de lixo!


Uma mulher reuniu 130 gatos vadios no seu apartamento e cuida deles.

Outra mulher atirou um gato para um contentor de lixo e foi à sua vida.

Caminhamos indolentemente rua abaixo no regresso de mais um enfadonho dia de trabalho no banco atendendo clientes irritantes, exigentes e impertinentes. Eis quando topamos com um gato que se passeia provocadoramente no muro de uma casa. Passamos-lhe a mão e somos então subitamente assaltados pelo desejo de regredirmos à infância, tempo mágico quando prevaricar se punia com um breve puxão de orelhas e um pedido de desculpas em privado. Olhamos furtivamente em redor e assim como quem está a fazer a boa acção do dia, agarramos o gato pelo cachaço e colocamo-lo no caixote do lixo próximo. Depois continuamos a nossa marcha, donos de uma aparente normalidade anormal. Rimos risos abafados por dentro e durante 60 segundos sentimo-nos 30 anos mais jovens. Mas não previmos, no nosso abandono à brincadeira perversa, que na época da videovigilância haveria uma câmera dedicada de olho em nós. Agora o Big Brother soltou um brado internetário e a nossa cara acinzentada e estúpida está por todo o lado: no Facebook, no Youtube, nos blogues, nos links do Twitter. Somos tristemente famosos pelo mal feito. Criaram até um grupo no Facebook - Death to Mary Bale - que rapidamente se populou de seguidores, gente equiparando-se-nos no concurso de comportamentos irrefletidos e irracionais, uma moda dos tempos. Acossados como nos sentimos, já temos protecção policial. Em breve iremos responder na justiça britânica por crueldade. "Para quê tanto alarido, é apenas a porra de um gato." - dizemos com a máxima descontração. Lola, a gatinha de 4 anos, está bem, mesmo se passou 15 horas trancada num contentor de lixo. E agora somos nós que fomos apanhados mas no julgamento da opinião pública. Estamos perplexos, não entendemos. Queremos descanso, mas o ar pesa e as horas alongaram-se estranhamente.

1 comment:

Anonymous said...

Santo Deus!
A humanidade tem em alguns gestos dos seus representantes a mostra mais vil da sua capacidade de mal fazer...O que faria a senhora se vivesse num mundo com seres maiores do que ela que lhe fizessem o mesmo?...
Irreflectido ou premeditado, louco ou reflexo de ira mal curada, tb é assutadora a máquina geradora desta malha social que se estende e aperta todos...
teremos nós sete vidas como os gatos? cada vez precisamos mais de renascer...várias vezes na vida...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...