12/30/09

Recomeça


Recomeça…

Se puderes

Sem angústia

E sem pressa.

E os passos que deres,

Nesse caminho duro

Do futuro

Dá-os em liberdade.

Enquanto não alcances

Não descanses.

De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,

Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.

Sempre a sonhar e vendo

O logro da aventura.

És homem, não te esqueças!

Só é tua a loucura

Onde, com lucidez, te reconheças…
Miguel Torga

4 comments:

observatory said...

estou em clausura mental.
parto so no inicio do ano

vou tentar fazer algo de jeito

bjinho

c.

observatory said...
This comment has been removed by the author.
belinha said...

Eu estou é em ressaca mental...;)

Fernanda said...

gosto de poesia. bonito

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...