12/22/09

MONSTERS VERSUS ALIENS



O meu sobrinho emprestou-me filmes.É um fixolas.Às vezes não sei quem é que gosta mais de cinema de animação,se eu se ele.A animação não é um género para crianças mas muita gente ainda pensa assim.Aceitável,fruto da ignorância ou de prioridades.Realmente o tempo não chega para tudo e nem o dinheiro estica.Eu não posso ver todos os filmes que quero, não teria nem tempo nem orçamento para isso!Mas não coloco a animação em segundo plano.Aliás lamento mesmo que não possamos ver cinema de animação regularmente e não apenas as grandes animações da Pixar ou Dreamworks.Reduzi-la a essa experiência é redutor.Mas ninguém duvide que algumas obras que saiem desses estúdios são magníficas na sua execução e criatividade.Mas não é com muito entusiasmo que escrevo sobre Monstros versus Extraterrestres,último filme da Dreamworks.Eu esperava melhor,ou talvez esperasse um filme capaz de divertir miúdos e entreter graúdos ao mesmo tempo e tal não acontece.Não existe aqui uma única personagem que me tenha feito delirar,algumas até me conseguiram irritar um pouco.Visualmente o filme é absolutamente competente,entre paisagens e interiores,monstros e companhia, é tudo perfeito.(E eu não o vi em 3-D, factor que acrescenta muito em termos de efeito visual.)Mas não chega dourar a pílula.Uma boa história e boas personagens são a chave que falta aqui.Não souberam contar a história!Como é possível com uma mão cheia de argumentistas a trabalhar no filme?A ideia de que os americanos capturaram os monstros e os fecharam numa prisão secreta longe dos olhares humanos é engraçada assim como recrutá-los para combater a invasão alienígena.Mas depois o filme não cessa de recorrer a imaginários já criados anteriormente,filmes para crescidos e personagens que já nos chegam dos anos 50, particularidades da cultura norte-americana,piadas sem grande piada,personagens mais ou menos inverosímeis como um presidente norte-americano dos piores que já vi!O que é demais é demais e todo o filme parece uma enorme reciclagem trabalhada com tecnologia de ponta e muitos dólares. Assim de rajada, atentem nas referências: o filme A Bolha Assassina,- inspira o gelatinoso monstrinho B.O.B, o meu preferido,com a voz de Seth Rogen;O Ataque da Mulher de 15 Metros inspira a transformada Susan numa gigante poderosa;O Monstro da Lagoa Negra inspira o monstro Elo Perdido;o filme A mosca inspira o Dr.Barata…Ainda temos Encontros Imediatos de Terceiro Grau, E.T. O Extraterrestre, Guerra das Estrelas,X-Files,Homens de negro… e não estou a ser exaustiva. A ideia mais engraçada é a criação de uma heroina mulher,a Susan “Ginormica”, pois não há muitas personagens femininas por aí...mas logo as cenas entre ela e o seu namorado pivot televisivo são puro tédio e é logo assim que o filme arranca.No cast de vozes até conseguiram recrutar o Dr.House e o Jack Bauer mas na realidade eu não fiquei muito impressionada com nenhuma das duas prestações.Os melhores são o vilão extraterrestre(Rainn Wilson) e o Presidente(Stephen Colbert) o B.O.B.Mas que monstruosidade alienada que Monsters versus Aliens é.As crianças vão certamente gostar mas para tanta tecnologia e dinheiro envolvidos é pena que o resultado não seja mais satisfatório,sobretudo porque ele é possível,Kung Fu Panda é prova.

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...