9/28/09

TROMBETAS DE ANJO!!!!

Eis duas fotografias das flores intrigantes que descobri no jardim de uma moradia.Não,não trespassei propriedade privada.De facto as flores da planta mais próxima do muro pendem para o passeio.Pude admirá-las de muito perto.
Agradecimentos ao Francisco,que é argentino,e que me deu pistas via Facebook sobre as flores que vi anteontem:Floripón,Rosa China e Santa Rita.Entretanto descobri um blogue muito bem cheiroso cheio de informações sobre flores que vale a pena visitar:Cheirar.
Floripón,como se diz na Argentina, ou Trombeta de anjo,(Colombia) ou ainda Saia branca(Brasil) ou Brugmansia,é o nome da estranha tulipa que me intrigou o suficiente para escrever sobre ela.Existem muitas espécies diferentes conforme pode observar nestas fotos.As árvores (ou arbustos?) que vi aqui na Figueira devem ter perto de dois metros de altura,um pouco menos de largura e estavam carregadas de folhagem ovalada e de tulipas brancas que se agitavam ao vento compassadas criando um efeito muito curioso.As folhas e flores formam um conjunto quase esférico,assentam quase no chão.Também as havia de cor alaranjada mas as brancas são muito mais intrigantes pelo que só fotografei estas. A flor não parece deste mundo, não estou a exagerar!Tem uma forma espantosa.As flores exalam um cheiro enebriante,tipo jasmim, e causam um tal impacto à vista que não se consegue ficar indiferente.Um dia depois muitas das tulipas já estavam murchas, a secar. Agora,após algumas breves leituras,descobri que qualquer parte da planta é venenosa se ingerida quer por nós quer por animais,qualquer parte dela,note-se.Contém alcalóides que provocam alucinações severas e que até podem causar a morte.Ingerir a planta dá direito a vômitos, náuseas, secura das mucosas, febre, taquicardia e dilatação das pupilas.É originária da América do Sul-Andes,Colômbia,Chile-tendo sido utilizada pelo povo dessa região nos rituais xamanicos desde sempre.Mas também tem utilização farmacêutica sendo usada para a produção de medicamentos contra o mal de Parkinson, infecções urinárias, problemas cardíacos, síndrome pré-menstrual, e intoxicações por colinérgicos.De repente sinto-me como se tivesse tido um encontro imediato com o equivalente de um amanita muscaria* no reino das plantas!
*Ó pá,eu sou ignorante mas ainda sei alguma coisinha.Nome científico daquele cogumelo onde a lagarta da história Alice no País das Maravilhas se encontra refastelada. A lagarta não está ali porque é um sítio fofinho e cheio de design mas porque,se bem se lembram,ela gosta de fumar,é daquelas criaturas que gostam de embarcar em viagens...

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...