7/7/09

UM DIA A INTERNET VAI ABAIXO - o filme do adeus a Michael Jackson

Me: -You´re Michael Jackson.You used to be in music business.You used to be big.
MJ:- I am big.It's the music that got small.
Ensaio da digressão This is it! no Stapples Center
O filme Um dia a internet vai abaixo, protagonizando por Stevie Wonder, John Mayer, Jennifer Hudson, Mariah Carey, Usher e Lionel Ritchie e por quem mais se verá, e cerca de 17,500 figurantes,estreia logo ao final da tarde em simultâneo na internet e televisões de todo o mundo.A enlutada família Jackson cedeu todos os direitos da transmissão às diversas cadeias. Fita de mistério e drama,mas onde também se antecipa uma fusão destes com o musical,não é a primeira vez que a morte é estrela dum argumento.Como em Sunset Boulevard,tudo começou com um cadáver.Só que neste filme o corpo sem vida não flutua numa piscina.Este corpo flutua na histeria colectiva, numa adulação sem descanso.E eu aqui estou a dar também o meu contributo para o "circo".Como em Sunset Boulevard, esta estrela viveu anos numa mansão e em reclusão/ilusão quase forçada como se se tivesse tornado prisioneiro do mundo que criou.Mais de dez anos de silêncio musical.E também, e à semelhança de Norma,a estrela do cinema mudo que habitava em Sunset Boulevard,em Los Angeles,sonhava com o seu regresso em grande ao mundo artístico.Mas nem a estrela de ficção nem a estrela de carne e osso cumpriram o seu sonho.That was it!É sabido que neste filme noir a acção decorre exclusivamente em Los Angeles, no interior do Staples Center. Em torno do serviço fúnebre,tributo ou homenagem a Michael Jackson,aka,Rei da Pop, ou "circo", como também já foi classificado por Elizabeth Taylor, serão certamente derramadas lágrimas, discursos e muitos dólares em souvenirs ao som da banda sonora original de Thriller e outros êxitos. Esta prémière será um evento planetário que ficará na história das ritualísticas manifestações populares de pesar a figuras públicas que se têm vindo a tornar uma tendência de exteriorização social do luto na era globalizada.Mas também nas estatísticas e performance da internet que todos esperam ver colapsar dentro de algumas horas.O frenesim não pára.Desde o desenlace trágico do dia 25 de Junho que se vive um espírito Guinness World of Records a nível mundial em tudo o que respeite a Michael Jackson. É no mínimo patético,no máximo é alienação.É talvez circo americano para alguns.Será esta euforia o modelo de futuro da celebração Pop?Ou tão só o triunfo do Pop marketing?Só falta mencionar que Um dia a internet vai abaixo tem entrada grátis.O chewing-gum é tolerado mas as pipocas desta vez ficam à porta.

Ler o que diz quem sabe, em Mashable.
Joe Gillis: You're Norma Desmond. You used to be in silent pictures. You used to be big.
Norma Desmond:I am big. It's the pictures that got small.
Sunset Boulevard, Billy Wilder

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...