12/30/08

TERMINATOR EM 2009


Para mim é uma novidade.No site de lançamento de mais um filme Terminator, podemos ver um "motion poster". Pois é, é apenas o poster animado, é isso. Ver aqui.

Downolad freebie Calendar 2009_Calendário 2009




Já tem um calendário para o próximo ano? Não?Então aqui está um!
O que tem de fazer?


1º Clique na minha página SCRIBD para fazer o download do ficheiro. O formato é PDF.
2º Imprima em folhas A4 (7folhas)na sua impressora comum num papel de gramagem razoável.
3º Corte com X-acto e régua pelas guias de corte que vai encontrar no documento.
4º Use uma caixa de CD como suporte-basta inverter a posição da tampa.A base da caixa do CD assenta na mesa. Guarde todas as folhas dentro da caixa retirando a parte preta onde o CD encaixa.
5º Está pronto a usar ou a oferecer...e é quase grátis!

Have you got a calendar for the next year?
Let me give you one! Here's what to do:
1º Go to my SCRIBD page to
download the file.It's a PDF file.
2º Print the file in your office printer.It's only 7 sheets of paper.Choose a good paper.
3º Cut it with X acto knife and ruler-the sheets have printed guides to help you!
4º Use a CD jewel box as a stand- flip it's cover!
5º Keep all the sheets inside the CD box until next year ...or give it to a friend!Easy and almost free!

12/26/08

George Michael:uma Canção de Natal grátis para download

No site do George Michael há música à borlix, é só ir lá e fazer o download.Embora não seja muito apreciadora "a cavalo dado não se olha o dente".E em matéria de canções de Natal vale sempre a pena dar uma ouvidela, por vezes temos surpresas.Não é o caso...ehehh! Apressem-se, não esgota mas acho que o espírito natalício do George não dura para sempre!

12/24/08

QUAL O FILME QUE ASSOCIAM AO NATAL?


Anda a circular um questionário que mede o grau de dependência cinéfilo.Preenchi por curiosidade e deu 70%.Imaginem o número de horas que passei a ver filmes! O resultado só não foi mais elevado porque o meu vício tem abrandado nos anos mais recentes. O questionário tem por base o Top250 IMBD dos filmes mais populares. Já agora, qual o filme que associam à época natalícia?O meu favorito é de 1983, O estranho mundo de Jack.Eis apenas alguns para avivar a memória:

12/18/08

POEMA O NOVO COLOSSO - THE NEW COLOSSUS

O novo colosso - Poema que descobri quando vi o filme Cristovão Colombo,o Enigma, do Manoel de Oliveira.É declamado no filme, em português, pela personagem feminina, ao avistar a Estátua da Liberdade, do barco onde navega. Chama-se O novo colosso e foi escrito por uma portuguesa, judia, de nome Emma Lazarus.Está no pedestal da Estátua da Liberdade desde 1903, inscrito numa lápide.
O novo Colosso
Não como o gigante bronzeado de grega fama,
Com pernas abertas e conquistadoras a abarcar a terra
Aqui nos nossos portões banhados pelo mar e dourados pelo sol, se erguerá
Uma mulher poderosa, com uma tocha cuja chama
É o relâmpago aprisionado e seu nome
Mãe dos Exílios. Do farol de sua mão
Brilha um acolhedor abraço universal; os seus suaves olhos
Comandam o porto unido por pontes que enquadram cidades gémeas.
“Mantenham antigas terras sua pompa histórica!” grita ela
Com lábios silenciosos “Dai-me os seus fatigados, os seus pobres,
As suas massas encurraladas ansiosas por respirar liberdade
O miserável refugo das suas costas apinhadas.
Mandai-me os sem abrigo, os arremessados pelas tempestades,
Pois eu ergo o meu farol junto ao portal dourado.

(Em português, retirado de http://porosidade-eterea.blogspot.com/)
The new ColossusPoem by Emma Lazarus.It was inscribed on a tablet in the pedestal of Statue of Liberty in 1903. It's presented on Manoel de Oliveira's movie, Cristovão Colombo, o enigma.

Not like the brazen giant of Greek fame,
With conquering limbs astride from land to land;
Here at our sea-washed, sunset, gates shall stand
A mighty woman with a torch, whose flame
Is the imprisoned lightning , and her name
Mother of Exiles. From her beacon-hand
Glows world-side welcome; her mild eyes command.
The air-bridged harbor that twin cities frame.
"Keep ancient lands, your storied pomp!" cries she
with silent lips. "Give me your tired, your poor
Your huddled masses yearning to breath free,
The wretched refuse of your teeming shore.
Send these, the homeless, tempest-tost to me,
I lift my lamp beside the golden door!"














Liberty Enlightening the World ou La liberté éclairant le monde ou A Liberdade iluminando o Mundo é uma das estátuas mais populares do globo.Da autoria do esculptor Bartholdi, com engenharia de Eiffel, foi oferecida pela França aos EUA no séc.XIX, e a partir da Liberty Island dá as boas vindas aos visitantes, aos imigrantes, a quem regressa aos EUA por mar...

12/14/08

MANOEL DE OLIVEIRA, 100 anos e alguns dias depois


Manoel de Oliveira completou 100 anos há uns dias e no dia do seu aniversário parece que filmou, ou seja, fez aquilo que lhe dá mais prazer fazer na vida. O que eu invejo ao Manoel de Oliveira nem sequer é a longevidade saudável; o que eu invejo é que ele possa passar o dia do seu aniversário a trabalhar naquilo que mais gosta de fazer.Quando uma pessoa pode dar-se ao luxo de fazer isso só pode mesmo é ser feliz. E ante tamanha felicidade diária a morte é capaz de se ter compadecido e a cada ano decide adiar o momento de lhe cobrar a vida.E por isso os 100 anos. Donde se todos nós trabalhássemos com tamanha paixão quem sabe não viveríamos mais também. Infelizmente muitos de nós nem trabalho a gosto nem trabalho a desgosto, ponto final.E por isso é quase chocante que alguém tenha possibilidade de fazer arte em Portugal,e, ainda por cima, prazer nisso a ponto de se gabar da façanha publicamente. Como é que pode alguém trabalhar nesta área em Portugal? Não configurará isso um abuso laboral em tempos de crise? Não deveríamos acabar com a arte, esse luxo dos espíritos, e canalizar recursos só para o que é de primeira necessidade? O mais curioso é que o cinema de Manoel de Oliveira até parece ser de prima necessidade- mas apenas para ele,- e,sim, um luxo intelectual, mas apenas para certos iluminados da cinefilia. É assim que a maioria analisa e vê -ou não vê e apenas comenta - as fitas do cineasta mais longevo do globo.Ainda ninguém se lembrou de fazer um site com apostas sobre a data da sua partida do mundo terreno como parece já ter acontecido no caso da Amy Winehouse. Ele não é tão famoso como ela mas, como ela, provoca reações díspares ora de puro louvor ora de puro enfado. Cinéfila, eu, dei por mim a fazer um grande esforço para ver Cristovão Colombo,o Enigma de fio a pavio no dia do seu aniversário.São apenas 70 minutos e o próprio entra no filme com a sua mulher Isabel.Roteiro histórico e monumental que enaltece o Portugal dos Descobridores e puxa as orelhas ao desleixo para com o que resta desse testemunho, passou à noite na TV seguido de um bom documentário sobre a sua obra. Vi outros filmes dele com mais agrado.Não venerando o cineasta nem o cinema que ele produziu tanto como o de outros que,tal como ele, nos deixam uma visão particular do mundo gravada em celulóide,nem inversamente o ignorando ou desprezando, compreendo o seu afã criativo e, tal como escreveu Lauro António, reconheço-lhe e admiro-lhe uma certa coerência na forma como vive e vive a sua arte que vejo faltar a alguns realizadores que por isso andam de fórmula em fórmula, mais ou menos copiada, à procura da sua identidade criativa, sem êxito. Encontrar e dar corpo a essa identidade é talvez o mais difícil em qualquer arte uma vez que vivemos,desde há muito, a época áurea da collage ou do copy/paste: ser original e ao mesmo tempo eficaz e manter-se fiel a essa verdade já quase se tornou impossível.Mas eu preciso de um realizador que me tente supreender e aceito que até falhe o intento no meio dos 50 e tal realizadores escorreitos que fazem tudo segundo as regras e que muitas vezes me enfadam tanto como este Colombo. O artista andrajoso que morre faminto, sacrificando-se em nome da sua visão,saíu de moda.Ele preocupa-se em ganhar dinheiro, em sobreviver, ou então, outros se preocupam em ganhar dinheiro com ele, e por isso ele faz ou obrigam-no a fazer concessões à sua criatividade.Desta realidade resulta que a expressão criativa é cada vez mais uniforme porque uma vez abafada a exuberância e a pulsão espontânea de quem cria sem ter de agradar senão a si mesmo,à sua ideia original,à sua visão, liberto de quaisquer constrangimentos,o que acontece é cada vez mais assistimos a uma repetição mais ou menos transvestida desta ou daquela ideia.Cada vez menos somos surpreendidos.E eu quero e preciso de surpresa,ambiguidade, perplexidade, interrogações, sentidos inexplicados...Poderão muitos dizer que a arte vive e ganha força na reacção do público seu destinatário e que se este a ignorar (mais do que se a rejeitar) ela não vive, não se justifica.Todavia a minha opinião é a de que devemos aos artistas o favor de nos testarem nos nossos limites, entendimento e sensibilidade, e por isso eu aprovo que se facilite a criação de autor e não apenas a comercial. Impossível é agradar a gregos e troianos. Certo é que o caminho da arte, o da descoberta, não podem ser o do gosto da maioria ou o da maior receita de bilheteira. Manoel de Oliveira é Manoel de Oliveira por muitas razões e uma delas porque o nosso país tem uma capacidade de produção cinematográfica reduzida.Parece quase inexplicavelmente mágico que consiga retirar da cartola do Estado, concurso após concurso, sempre mais um subsídio para dar continuidade ao seu labor de filmar afinal tão artesanal e às avessas das regras reconhecidas...e a consegui-lo talvez porque nunca teve competição à altura dentro da sua linha mais "artística",bom, havia César Monteiro, há que lembrá-lo, mas esse era o maior outsider...

12/4/08

SPACE ENSEMBLE | FILMES DA TERRA DO PAI NATAL

http://www.myspace.com/spaceensemble
Space Ensemble Filmes da Terra do Pai Natal

O Space Ensemble interpreta uma banda sonora original para as curtas-metragens finlandesas do realizador Heikki Prepula (canguru Gussy e outras fábulas) e episódios dos filmes Turilas & Jäärä, dos realizadores Ismo Virtanen e Mariko Härkönen.

Há serrote e theremin, guitarras e harpa, mesa e balões, num filme-concerto em que serão revelados detalhes importantes da Finlândia, com referências óbvias à terra do Pai Natal, às caixas de música, às ilhas dos cocos e aos pilotos de fórmula 1.

Neste projecto, o Space Ensemble apresenta-se com Ana Veloso (guitarra), Eleonor Picas (harpa), Henrique Fernandes (contrabaixo, acordeão), João Martins (saxofones, melódica, flauta, berbequim), João Tiago Fernandes (bateria, marimba), Nuno Ferros (dj set, electrónicas), Sérgio Bastos (piano) e José Miguel Pinto (guitarra, theremin).
Concertos

Casa da Música, Porto 20, 21 Nov + 13 Dez
Teatro Viriato, Viseu 5 e 6 Dez
Teatro Aveirense, Aveiro 10 Dez
Fórum Cultural Transfronteiriço de Alandroal 13 Dez
CAE Sever do Vouga 16, 17 Dez
Cine-Teatro São Pedro, Alcanena 28 Dez

12/2/08

FELIZ NATAL SUNNY! - DIVULGUEM NOS VOSSOS BLOGUES P.F.



Que selo é este? Convido os meus visitantes a copiar e a colar o selo (maior) num post e o button (mais pequeno) na lateral nos seus blogues. O Sunny é um bebé filho de pai e mãe dedicados e trabalhadores mas a quem a vida não tem sorrido. Esta família de Odivelas necessita de ajuda.Muitos bloggers têm correspondido e ajudado desde que o Sunny nasceu.Mas é preciso não parar a divulgação nos nossos blogues e isso não custa mesmo nada. Assim, durante o mês de Dezembro, vamos todos desejar Feliz Natal ao Sunny e criar uma corrente de solidariedade em torno desta criança.
DIVULGAR É AJUDAR!
Mais informação em www.ajudaportugal.blogspot.com
+
What stamp is this?Sunny is a baby that lives in Odivelas. His family struggles to survive and needs help to overcome this bad moment. Help as you can.Email and spread the word.Copy the stamp and link in your blog. TO SPREAD THE WORD IS TO HELP.Check Sunny's blog for photos and whish him Merry Christmas.
Conta CGD: 050 669 998 330 0
+
NIB:003 505 060 069 998 330 098
IBAN: PT50 003 505 060 069 998 330 098

12/1/08

PORQUE É HOJE FERIADO

Logo à noitinha haverá pelo menos um telejornal onde vamos ver um repórter de micro em punho a perguntar aos jovens na rua pela data que se comemora hoje. Como sempre a televisão comemora nesses breves minutos o Dia Nacional da Asneira Histórica através deste tipo de reportagens. Não precebo qual é o propósito, não me parece que seja pedagógico nem sequer humorístico pois a ignorância nunca me fez rir. O que sucedeu então foi que há muito, muito tempo, Filipe II de Espanha, neto do rei português D. Manuel I, invadiu o nosso país e durante 60 anos mandaram os espanhóis.Foram três os reis espanhóis que governaram Portugal entre 1580 e 1640 – Filipe I, Filipe II e Filipe III.A capital do Império passou a ser Madrid. Mas os portugueses não se conformaram e a 1 de Dezembro de 1640 um grupo de 40 fidalgos dirigiu-se ao Paço da Ribeira onde estavam a Duquesa de Mântua, regente de Portugal, e o seu Secretário, Miguel de Vasconcelos. A Duquesa foi presa,o Secretário morto. D. João IV, Duque de Bragança,foi aclamado rei, com o cognome de "O Restaurador". Hoje celebra-se,pois, a restauração da independência do reino.Não faltará quem hoje diga meio a sério meio a brincar que estaríamos melhor se continuássemos a ser uma província espanhola...eu não.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...