11/7/06

E se eu gostasse muito de morrer



Lobo Antunes, na Fnac Colombo,Lx,no lançamento deste livro, disse que "muitos escritores dizem com satisfação "pelo menos eu pus os portugueses a ler" - mas,acrescentou, - "isso é tudo uma treta".

Alguém que já tenha lido este livro  - E se eu gostasse muito de morrer - diga-me se vou ficar ainda mais doente quando começar a ler isto. O título tem um toque de humor negro muito apelativo. Lobo Antunes esteve na apresentação do mesmo na Fnac Colombo e jurou a pés juntos que é muito bom. No Eixo do mal, a Clara Pinto Correia também. Será que são os dois amigos do escriba? Eu já não acredito em ninguém. Ver para crer, melhor, ler para crer. Mas o pior é que aqui já pagámos antes de comer.Ou seja, se o prato for mau e a digestão pior ainda, é de aguentar. E embrulhar. Vem aí o Natal. Se não gostar, sempre posso oferecer a alguém que me tenha tramado e já me lembrei de um ou dois sujeitos. Até posso alterar a capa no Photoshop para E se eu gostasse muito de te matar.Talvez o Rui me queira nas Produções Fictícias. Humor negro é comigo. Medíocre é muita da literatura que se vende por aí, verdade, não é preciso ser o Lobo Antunes a dizer. E é por isso que eu olho para os livros de lado, sobretudo primeiras obras. Mas mesmo que não fosse isso e os olhasse de frente seria igual. São demasiado caros para o meu bolso roto. Este deve ser o último que leio este ano. Verdade, hoje vou passar o serão na leitura, a minha virose está em alta e pede-me actividades relaxantes.


Nota de actualização: o livro é muito bom!Recomendo!

2 comments:

dodos said...

"Se não gostar, sempre posso oferecer a alguém que me tenha tramado e já me lembrei de um ou dois sujeitos"
Uma boa ideia :)

cfreitas said...

Parabéns pelo seu novo e gráficamente excelente blog, quanto ao resto vou lendo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...